mudando de opinião? não!

quando começamos a ter interesse por esse assunto, foi pela impunidade e o que aconteceu com toda investigação deste caso que até hoje não foi desvendado.

nós "tinhamos certeza" de quem eram os assassinos e ficávamos revoltados com todas as histórias dos livros que lemos, mas tudo muda quando começamos a entrevistar as pessoas.

os jornalistas nos falam tudo ao contrário... "a única certeza que tenho é que as 'famílias ricas' não tiveram nenhum envolvimento com o crime". eles alegam que a polícia gostava de colocar gente de nome em páginas políciais...

e assim nós ficamos sem saber em quem acerditrar... vocês, acreditam nessa história ou continuam achando que foram "dois playboys" da alta sociedade de Vitória que mataram a linda menina Araceli????

levamos um não finalmente

ligamos anteontem para um dos suspeitos no crime, Paulo Helal, e como era de se prever, ele desligou o tel na nossa cara.

infelizmente aconteceu, por que gostaríamos muito de conversar com ele, afinal, não temos o objetivo de culpá-lo ou fazer perguntas incovenientes, nós até íamos explicar isso pra ele, mas nem deu tempo, ele desligou o telefone antes.

fala com ele seria importantíssimo pra gente, mas deixa pra lá...

foto: Clá Mussi

Foto do primeiro dia de gravação também, na entrevista com o simpático jornalista Pedro Maia.

Na foto: Rafael Malta, Tatiana Beling, Diego Peruch.

Na faculdade que estudamos não é muito fácil pegar digital não... é uma concorrência que só vendo, mas na semana depois do feriado, de 13 a 16/09, ela é todinha nossa! Então vamos gravar bastante e vamos colocar umas fotos das próximas gravações.

e hoje?

ontem ligamos pra o Senador Gerson Camata para marcar de vez a entrevista. Ele já estava começando sua carreira política na época, mas foi radialista também, acho que vai ajudar bem.

Hoje fomos na casa do Cariê (e que casão né!), dono da Rede Gazeta de Comunicação (retransmissora da Rede Globo), mas ele não falou muito, muitas coisas que perguntamos ele dizia que não lembrava, acho que infelizmente não será muito interessante gravar com ele. Mesmo assim valeu! 

coisas desse povinho do jurídico
Anteontem entramos em contato com um juíz, um juíz não muito simpático, digamos grosso e ameaçador, que prefiro não citar o nome. Eu liguei e ele começou com uns papos "vocês estão falando de um assunto muito grave" ou "eu quero antes de gravar qualquer coisa conversar só com você e seu amigo sobre isso, sem mais ninguém, só nós", sempre num tom ameaçador (coisa de quem faz direito, etâ povo metido a besta, com poucas exceções claro). Quando cismou que eu tava gravando a conversa pelo telefone ele ainda começou a gritar comigo, só que a coitada aqui nem tinha pensado nessa posibilidade. Pois bem...
foto: Clá Mussi

Foto: Clá Mussi

 

Foto do primeiro dia de gravação. O entrevistado foi Pedro Maia, jornalista há 40 anos que trabalhava no jornal O Diário na época. Pedro contou um pouco sobre o caso e falou dos erros da investigação, e de como ele cobria o caso.

Foto de 29/08/2005

Crédito: Clá Mussi

Câmera: Rafael Malta

Na foto: Pedro Maia, Diego Peruch, Tatiana Ferreira e Rafael Malta.

O caso também tem uma comunidade no orkut:

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=985096

Olá a todos!

Somos alunos do curso de RTV e estamos no 8º período. Nosso projeto de final de curso, é um vídeo-documentário sobre a cobertura da imprensa no Caso Araceli. Aqui nesse blog vamos contar/desabafar o que tá rolando no nosso trabalho: entrevistas, gravações, leituras, memorial, pesquisa, fotos, descobertas, mas sempre lembrando que faremos sigilo do que foi pedido pelos entrevistados, afinal, como todos sabem, é um assunto "complicado".

Pra quem quiser saber um pouco mais sobre o Caso Araceli é só ir neste site:

http://orbita.starmedia.com/~dossiepedofilia/araceli01.htm

Está iniciada a partida, um abraço Tatiana Ferreira e Diego Herzog

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, VITORIA, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, Cinema e vídeo, Arte e cultura, Livros